Feiras do peixe movimentam municípios da região de Soledade

Na semana que antecede a Páscoa (15 a 19/04) a comercialização de peixes é intensificada em todo o Estado. E, na região administrativa da Emater/RS-Ascar de Soledade não poderia ser diferente. Em diversos municípios foram organizadas feiras para favorecer a comercialização de diferentes espécies, sendo principalmente carpas (cabeça grande, capim, prateada), jundiás, traíras, tilápias e filés.

As feiras acontecem devido ao aumento da procura pelo pescado nesse período do ano e tem por objetivo ofertar a população peixes frescos e de qualidade, valorizar a produção local e a agricultura familiar, bem como incentivar o consumo de peixes pelas famílias. No Alto da Serra do Botucaraí os municípios de Soledade (até 21/04 na Feira do Produtor Rural), Fontoura Xavier (17 e 18/04 no Esporte Clube Flor da Serra), Jacuizinho (17/04 na Feira do Produtor), Ibirapuitã (17 e 18/04 na Rua Antônio Sylas Muniz) e Barros Cassal (16, 17 e 18/04 na Praça Central) possuem pontos de comercialização.

Em Arroio do Tigre, na região Centro Serra, acontece desde o domingo (14/04) a Festcarp. O evento que está na 13ª edição vai até a quinta-feira (18/04), na praça Ivo Mainaidi, sendo que a expectativa dos organizadores é comercializar mais de 10 toneladas de peixes no evento. Ainda na região Centro Serra, são realizadas feiras do peixe nos municípios de Estrela Velha (Parque Oscar Leite de Moraes), Lagoão (Feira do Produtor) e Passa Sete (Feira do Produtor) na quarta e quinta-feira. Em Sobradinho e Tunas a comercialização acontece diretamente nas propriedades dos piscicultores.

O maior número de feiras voltadas à comercialização de pescados se concentra no Vale do Rio Pardo. Em Encruzilhada do Sul, a Feira do Peixe teve início nesta segunda-feira (15/04), nas praças Dr. Ozi Teixeira e Silvestre Corrêa. Nos dias 17 e 18/04 acontecem nos municípios de Pantano Grande (Praça Erico Raabe), Vera Cruz (Feira do Produtor), Mato Leitão (Feira do Produtor) e Sinimbu (Feira Municipal). Em Santa Cruz do Sul são seis pontos nas feiras rurais (Central, Ocktober, Independência, Arroio Grande, Senai) e em Venâncio Aires em nove pontos na cidade, além da comercialização nas propriedades rurais dos agricultores Lauro Kist, Cristiano Sehn, Jair de Oliveira, Rogério Heinen e Alípio Schwengber. No município de Herveiras a comercialização é feita direta nas propriedades rurais.

Ao todo, nos município da região administrativa de Soledade, a expectativa de comercialização é de 311.751 kg, a um preço médio de 12,03.

Foto: Roberto Puntel Plasido
Carina Venzo Cavalheiro – Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar – Regional de Soledade