ESPUMOSO – Tecnologia de Aplicação de Defensivos foi tema de treinamento

A crescente evolução dos métodos de trabalho na agricultura tem demandado busca de conhecimento e aperfeiçoamento constante, tanto de técnicos quanto dos produtores. Cada vez mais se busca extrair o máximo de rendimento, reduzindo os limitantes de produção.

Thiago Leal, representante técnico TeeJet Technologies, fabricante de componentes utilizados nos pulverizadores, e que esteve dia 12 de fevereiro realizando um treinamento para técnicos do Detec Cotriel, e depois abordando de forma prática como fazer uma boa pulverização, enfatizou que Tecnologia de Aplicação de Defensivos é fundamental neste processo pois, se bem utilizadas, estas informações podem trazer muitos benefícios para o produtor rural, aumentando os níveis de eficiência dos mais diversos tipos de defensivos aplicados na lavoura. “Tão importante quanto o cuidado com o pulverizador, é observar e interagir com as condições climáticas no momento da aplicação, o tipo de produto que está sendo aplicado e o alvo que queremos atingir”, disse.

Leal chama a atenção que o desgaste dos bicos que provoca variação na vazão e, o consequente, desperdício de calda, afetando a distribuição ao longo da barra, cobertura, penetração, segurança e vários outros aspectos da aplicação, tão importantes para o sucesso e bom aproveitamento do defensivo que está sendo aplicado. “Precisamos ter bem clara a ideia de que cada tipo de defensivo pede um tipo específico de bico, produzindo determinado tamanho de gota para que possamos obter o melhor rendimento. Por isso é importante nos perguntarmos o que estamos aplicando: é um fungicida, inseticida ou um herbicida? Ele é de contato ou sistêmico? Cada um deles exige um determinado tipo de bico e tamanho de gota ideal para aumentar as chances de sucesso no controle fitossanitário. Também é importante levarmos em conta as condições climáticas no momento da aplicação, observar os limites de vento, que é o principal causador de perdas por deriva, a umidade relativa do ar e a temperatura, que ocasionam muitas perdas por evaporação, pois só assim o produtor pode ter maior segurança que o defensivo incorporado a calda está sendo aplicado na lavoura, e não se perdendo por deriva e evaporação”, lembrou.

Thiago encerra dizendo que a Teejet Technologies, pioneira em Tecnologia de Aplicação de Defensivos com mais de 80 anos de história, está sempre inovando e trazendo soluções, levando informações e treinando equipes técnicas como o Detec da Cotriel, disseminando informações técnicas que ajudam o produtor rural a obter melhores resultados em suas pulverizações, maximizando os níveis de controle de pragas, doenças e plantas daninhas em sua lavoura. “A TeeJet tem o compromisso de entregar produtos, tecnologia e conhecimento ao agronegócio, trazendo benefícios a todos, produtores e técnicos”, ressaltou.