BR 285 será uma das mais fiscalizadas

Segundo o DNIT, toda a extensão da rodovia federal receberá 39 pontos de fiscalização. Saiba onde estarão localizados

De Bom Jesus até São Miguel das Missões, a rodovia federal BR-285 receberá novos controladores de velocidade. Isso porque o contrato com a antiga empresa, a Kopp, foi encerrado em janeiro. De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT) os equipamentos da Kopp serão retirados pela empresa, que tem previsão de realizar o serviço em até 30 dias. Um novo contrato, firmado com a empresa Fontosensores, será o responsável por instalar novos equipamentos de controle nos locais que já existiam e também em novos pontos durante este ano.

De toda a faixa de extensão da BR-285, que compreende mais de 300 quilômetros, 39 pardais serão colocados, nos sentidos interior-capital e vice-versa. Na região Norte, Passo Fundo e Carazinho se destacam pelo número de controladores, com oito e quatro, respectivamente. A rodovia federal está enquadrada no ‘lote 02’ da empresa, que tem outras 266 faixas monitoradas e possui valor contratual de mais de R$45 milhões.

Segundo o DNIT, o contrato com a empresa terá duração de cinco anos e ao final do prazo estipulado os equipamentos serão retirados.

Comparando com outras BRs contempladas pelo contrato com a empresa Fotosensores, a 285 será uma das mais controladas. Na BR-116, 35 pardais deverão funcionar entre os municípios de Vacaria e Picada Café. Já na rodovia 153, 12 pardais serão instalados entre Cachoeira do Sul e Erechim. Além dessas, a empresa Fontosensores será responsável por colocar equipamentos nas BRs 158, 287, 290, 293, 386 (somente na parte que compreende o município de Estrela), 392, 448,470,471 e 472.

Diário da Manhã