Diálogo Espírita – ALÉM TÚMULO

Na Revista Espírita de 1861, Kardec introduz uma carta enviada pelo Conde “X” de Roma, em 2 de março de 1861, que extraímos alguns trechos:

“Há cerca de quatro anos ocupo-me aqui das manifestações espíritas, e tenho a felicidade de ter na família um bom médium, que nos dá comunicações de ordem superior”.

“Temos lido e relido o vosso O Livro dos Espíritos, que constitui nossa alegria e nossa consolação, dando-nos as mais sublimes e admissíveis noções da vida futura”.

“Perdi pessoas que me eram muito queridas e tenho a felicidade de saber as felizes e poder-me corresponder com elas”.

“Então é verdade que nem tudo morre com o corpo físico”.

“Crede em minha eterna gratidão pelo bem que me fizestes”.

Sociedade Espírita Raios de Luz de Tapera (RS)