NÃO-ME-TOQUE – Grupo Corrente da Esperança completa 10 anos

Há exatos 10 anos atrás, mais precisamente no dia 16 de setembro do ano de 2008 era fundado, na Secretaria Municipal de Saúde, o Grupo Corrente da Esperança. Esse grupo foi desenvolvido e é mantido pela Assistente Social Iliana Casagrande e pela Psicóloga Janaína Dias Castaman Adam.

Seu objetivo principal é fornecer apoio interdisciplinar perante as dificuldades enfrentadas pelos familiares dos usuários de substâncias psicoativas. É de conhecimento popular que a drogadição é um problema de saúde pública nacional. Dados do Observatório Brasileiro de Informações sobre Drogas (OBID) revelam estatísticas alarmantes sobre o consumo de substâncias no país. Mais de 20% da população entrevistada já consumiu ou consome algum tipo de droga. Uma importante observação a ser feita é, que o risco de usar não compensa, pois as consequências, a longo prazo, são danosas para o usuário, sua família e sociedade.

Um paciente doente significa, na maioria das vezes, uma família em sofrimento, e com esse conceito em mente o Grupo Corrente da Esperança tem trabalhado incansavelmente na busca do bem estar e reestruturação das relações familiares de seus assistidos. No grupo você encontrará apoio para suas angústias, poderá tirar suas dúvidas sobre os processos do abuso de substâncias psicoativas e também como proceder para evitar danos ainda maiores aqueles que você ama. Esses e outros diversos assuntos são abordados em um clima leve que proporciona bem estar e alívio das pressões diárias que são consequências da dependência química de alguém querido.

Caso você familiar tenha se identificado com essas palavras, te fazemos o convite para vir participar de um de nossos encontros, e ver em que podemos lhe ajudar. O grupo acontece toda terça-feira, das 13:30 às 15:00 no Centro de Saúde de Apoio (ao lado da Delegacia), na sala de reuniões que fica no segundo piso. Venha conversar conosco!

Jaques Petry – Assessoria de Comunicação Prefeitura de Não-Me-Toque