Diálogo Espírita – HONESTIDADE

Um jovem estudante de música da UniRio, diante de dificuldades financeiras, resolveu melhorar seus rendimentos.

Preparou determinado quitute que cortou em pedaços, embrulhou-os e os colocou numa caixa plástica que levou para a faculdade.

Na escola, escolheu um local que seria o “Murinho da Honestidade”, onde deixou a caixa juntamente com uma latinha feita de cofre, com os dizeres: Leve e pague. Valor: R$ 1,00.

Na verdade, não tinha grande esperança de que desse certo seu empreendimento, mas… surpresa: ao terminar suas aulas, buscou o local de vendas, encontrou a caixa de quitutes vazia e a latinha com o valor às mercadorias.

Entrevistado o jovem afirmou que hoje paga seu aluguel com o resultado de suas vendas.

Outros estudantes necessitados adotaram o mesmo sistema.

Nenhum tipo de vigilância e nenhum tipo de falta de honestidade, mostrando esta juventude honesta, futuro de nossa Pátria.

Sociedade Espírita Raios de Luz de Tapera