Diálogo Espírita – SOMOS UM ESPÍRITO?

No Concílio de Macon, da Igreja Católica, na Gália (hoje território francês), no ano 585, por diferença de dois votos, passou-se a considerar as mulheres como tendo alma imortal.

Aos poucos, no progresso da verdade, gradativamente a humanidade vai chegando à realidade.

Até 1888, os escravos aqui no Brasil eram considerados sem alma.

Os Instrutores Espirituais nos informam que somos um Espírito (ou Alma), que tem o corpo Espiritual (ou Perispírito) como envoltório, que preexiste e sobrevive, portanto somos imortais e como terceiro elemento temos o corpo físico, que após a morte se desintegra, recebendo a cada reencarnação um novo corpo físico.

Desta forma, todos somos Espíritos, independente da raça, do credo, da riqueza ou pobreza, da inteligência, do corpo físico perfeito ou deficiente.

E, os animais?

Não podemos mais fazer de conta que não sabíamos… mamíferos, aves e alguns invertebrados como polvo tem consciência, declaração feita num simpósio no Reino Unido em julho de 2012, com a participação de neurocientistas de todo o mundo, quando vinte e seis deles assinaram este documento.

Os Instrutores Espirituais dizem que os animais têm um Princípio Espiritual e que sentem dores e sofrem com o desprezo das pessoas.

Sociedade Espírita Raios de Luz de Tapera