Escolas estaduais no RS não terão aulas nos turnos de jogos do Brasil

Expediente administrativo também sofrerá alterações nos dias 22 e 27 de junho

O governo do Estado definiu as alterações de expediente e prestação de serviços nas datas em que a Seleção Brasileira entra em campo pela primeira fase da Copa do Mundo 2018. A primeira alteração será no dia 22 de junho, quando o Brasil joga, às 9h, contra a Costa Rica. Nesse dia não haverá aula no turno da manhã e o expediente será das 12h às 19h.

A segunda mudança de rotina é no dia 27 de junho, quarta-feira, quando o Brasil enfrenta a seleção da Sérvia, às 15h. Nesse dia, não haverá aula na rede estadual durante a tarde e o expediente administrativo será das 8h às 14h.

Os serviços de saúde, conforme o governo do Estado, terão horários definidos pelos municípios. Os atendimentos essenciais e de plantão não sofrerão mudanças, promete o governo.

Por ser domingo (17), o jogo de estreia do Brasil na Copa, contra a Suíça, não provocará mudanças nos serviços públicos.

A prefeitura de Porto Alegre ainda não anunciou as alterações de rotina.
Na rede privada, o Sindicato do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinepe/RS) afirma que, nos dias de jogos do Brasil que coincidem com dias letivos, as instituições têm liberdade para se organizar – podem continuar com aulas normais, liberar os alunos para assistirem aos jogos na escola ou para irem para casa.
Legislativos

Tanto Assembleia Legislativa, quanto Câmara de Vereadores de Porto Alegre anunciaram que não haverá mudanças nos regimes de trabalho durante a Copa. Ambas as casas legislativas orientam os servidores, CC’s, estagiários e terceirizados a trabalharem normalmente, podendo assistir aos jogos nas TVs distribuídas pelos gabinetes e repartições.

Judiciário
A decisão sobre o expediente de trabalho no governo do Estado copia o que foi anunciado pelo Judiciário gaúcho ainda no final de maio. A Defensoria Pública também utilizará o mesmo regime: das 12h às 19h no dia 22 de junho, e das 8h às 14h no dia 27 de junho.

MP e TCE
O Ministério Público (MP) e o Tribunal de Contas do Estado (TCE) ainda não anunciaram que expedientes adotarão durante a Copa.

Gaúcha ZH