SELBACH – Resumo da última sessão ordinária da Câmara de Vereadores – 28.05.2018

PROJETO LEI MUNICIPAL Nº. 018/2018: Altera a Tabela Anexo I da Lei Municipal nº. 3.310/2017 que Consolidou a Legislação Municipal relativa ao Imposto Sobre Serviços, revogando as determinações anteriores em Leis Esparsas Relativas a esse Tributo, e Dá Outras Providências. APROVADO POR UNANIMIDADE DE VOTOS.

PROJETO LEI MUNICIPAL Nº. 019/2018: Insere alterações na Lei Municipal n° 2.671 de 26 de novembro de 2009, e dá outras providências. APROVADO POR UNANIMIDADE DE VOTOS.

PROJETO LEI MUNICIPAL Nº. 020/2018: Altera a data de vencimento anual do ISS fixo para o exercício de 2018, e dá outras providências. APROVADO POR UNANIMIDADE DE VOTOS.

PROJETO LEI MUNICIPAL Nº. 021/2018: Dispõe dobre a contratação temporária de excepcional interesse público de Agente Comunitário de Saúde. APROVADO POR UNANIMIDADE DE VOTOS.

PROJETO LEI MUNICIPAL Nº. 022/2018: Autoriza o município de Selbach/RS a receber área urbana em doação sem indenização para fins de incorporar a Avenida 25 de Julho, nesta cidade, e dá outras providências. APROVADO POR UNANIMIDADE DE VOTOS.

EXPLICAÇÕES PESSOAIS:
VEREADORA DÓRIS SCHNEIDER (PMDB): A música, transmitida de geração em geração forma nossas memórias autobiográficas, preferências e reações emocionais. No sábado que passou, 26 de maior, tivemos um verdadeiro espetáculo de música em nosso município, o XXV (25º) Concerto de Maio. Quero parabenizar o Coral Infanto-Jovem da Escola Estadual de Ensino Médio Adão Seger; a Banda Municipal e o Coral Municipal São Gregório. Parabenizar também a Administração Municipal, através da pessoa do prefeito municipal Sergio Ademir Kuhn, a Secretária de Educação, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo, Sra. Ester Wendling, a assessora da Cultura, Sra. Ilaide Mai Konrad, a Coordenadora do Coral, Sra. Odete Weschenfelder Schneider e ao Maestro Nei Leadro Schneider, que não mediram esforços para que a noite se tornasse um verdadeiro espetáculo. Gostaria de solicitar ao secretário Valdecir, que encaminhasse um oficio ao maestro Nei Schneider, parabenizando pelo excelente trabalho que vem realizando frente a Banda Municipal e Coral Municipal São Gregório. Aproveito para falar aqui do PROGRAMA RÁDIO ESCOLA, que está acontecendo novamente neste ano de 2018, em parceria com a Rádio Princesa e Escolas da Rede Municipal. O programa acontece todas as quartas-feiras, pela parte da manhã as 9 horas ou pela parte da tarde as 16 horas, com a participação da direção e alunos das escolas. Agradeço rádio por essa oportunidade que as Escolas têm de divulgar suas propostas de trabalho e atividades que estão sendo desenvolvidas e as escolas por aceitarem mais uma vez este desafio, que com certeza, só vem a somar. A pedido de várias pessoas da comunidade, gostaria de solicitar aos servidores municipais, que evitem estacionar seus carros em frente aos prédios públicos nos quais trabalham, permitindo assim, o estacionamento liberado para a comunidade. E sobre a atual condição do Brasil, não me sinto em condições de emitir uma opinião hoje. Mas assim como no futebol, sabemos que o Brasil é sem dúvida o país do imponderável. E curiosamente, essa incerteza é a nossa grande esperança. Bem sabemos que algum dia esse imponderável pode se virar em benefício do nosso país e do nosso povo. Por isso seguimos. Obrigada

VEREADORA TERESINHA BRAUN (PP): Em primeiro lugar, queria falar sobre o sábado a noite da bela apresentação que tivemos, dou os parabéns ao maestro Nei pelo seu esforço e dedicação em seu trabalho. Gostaria de mandar os parabéns também para o Balakas Bar que se consagrou campeão do campeonato de canastra. Falar sobre a greve é importante, é, se reunir e lutar juntos, mas nós produtores de leite, e o nosso leite que vai fora? Só na comunidade de Bela Vista, ontem a noite fiz as contas meio por cima, foram mais de 100 mil litros fora, isso são R$ 100 mil vendendo a R$ 1 o litro, e as contas fim do mês para pagar? Isso faz falta, eu sou uma produtora que não vendo muito leite, e nós já colocamos mais de 2,5 mil litros fora, a R$ 1 o litro são R$ 2.500 jogados fora, e aqueles que só vivem do dinheiro do leite? Chega o fim do mês e tem as contas para pagar, tomara que o governo tome as providencias necessárias e que pelo menos os produtores consigam vender seu leite. Obrigada!

VEREADOR CLAUDINHO ALVES (PP): Solicito ao executivo que faça com urgência uma avaliação da proposição aprovada pelo legislativo em 10 de março de 2017, trata-se da execução de um redutor de velocidade na rua Jacó Müller em Arroio Grande, final do asfalto e início do calçamento, a pedido dos moradores e liderança local, finalidade melhoria nas condições de acessibilidade, segurança na circulação dos pedestres, também ter no local uma parada para o transporte escolar, para embarque e desembarque, e a rua apresente características adequadas para trafico a 40km/h, dando todas as condições plenas para que seja feito esse trabalho, contamos com o executivo e com o apoio do setor competente. Aproveito a oportunidade para parabenizar os organizadores do XXV Concerto de Maio, que aconteceu no dia 26, parabenizar também o maestro Nei, a Banda Municipal, Coral Infanto-Juvenil da Escola Adão Seger e Coral Municipal São Gregório, parabenizar pelas belas apresentações e talentos locais valorizados pela nossa comunidade. Obrigado!

VEREADOR MICHAEL KUHN (PP): Diante do momento conturbado que vive nosso país, meu respeito a classe dos caminhoneiros pela força de parar o país e mobilizar consigo todo o povo brasileiro, agora não é só pela causa dos caminhoneiros, mas por toda a indignação pela atual situação de nosso país, na minha humilde opinião, estamos vivendo um momento decisivo, ou ainda o ano da decisão, porque não sabemos o que vai acontecer realmente com esta mobilização com a atual situação, mas sabemos que daqui apenas 4 meses estaremos indo as urnas para a eleição de presidente e governador, ali será a chance de tentar mudar o Brasil. Apoio a greve dos caminhoneiros, vereadora Teresinha sentimos a dificuldade do nosso produtor rural e ainda conversávamos hoje, no momento de paralisação aqui em nosso município, das dificuldades dos próximos dias, não só do leite, mas do suíno e aves aonde vai chegar essa situação, mas enfim, estamos ai por uma situação melhor, eu sou de uma família que está no transporte desde a década de 60, também já trabalhei no ramo e sei das dificuldades que a categoria enfrenta, preço abusivo do diesel, falta segurança, estradas precárias e alta tributação, não só do combustível, mas de produtos em geral, não sufocam só o caminhoneiro, mas todo o povo brasileiro. Mais uma vez ficou provado que sem caminhão o Brasil para, então não só pela pauta que a classe defende, mas também pela valorização dos caminhoneiros que leva o Brasil nas costas. Torço para que tudo se desenrole da melhor forma possível e neste contexto me pego a pensar também na nossa situação municipal, qual será a melhor forma de conduzirmos a nossa política para o futuro, afim de apresentar uma nova proposta para a nossa sociedade, de imediato sabemos que temos que enxugar a máquina, sabemos que é preciso mudanças e isso independente de sigla partidária, temos que olhar por uma nova política, por uma nova proposta para Selbach. Até uma próxima oportunidade.

VEREADOR MÁRCIO SEIBEL (PMDB): Quero hoje falar sobre minha indignação e de todo o povo brasileiro em relação a esse governo corrupto que se instalou em nosso país, dizer para toda a população selbachense e regional que temos sim que protestar e fazer greve, pois como está o governo não tem como ficar, pagamos impostos sobre tudo, e o produto e salário o salário que recebemos não tem mais valor, com a greve todos perdemos, motoristas, agricultores, comerciantes e todo o povo em geral, mas com ela podemos ter muitos resultados e melhorar daqui por diante. Essa greve já não é mais dos caminhoneiros mas sim de toda a população brasileira. Muito obrigado!

VEREADOR ARLEI WILLIG (PMDB): Primeiramente queria falar que nos dias 24 e 25 estavamos em Brasilia, na XXI Marcha dos Prefeitos, também passamos nos gabinetes dos deputados, os que já vem ajudando o município para fazer um agradecimento, encontramos o deputado Giovani Cherini, o Covatti Filho, Alceu Moreira, Marcio Biolchi e Perondi, falamos de politica, todos pensam em buscar a reeleição e são nomes que foram bons com o nosso município, trazendo verbas e sempre quando tem uma oportunidade mandam mais e prometeram continuar ajudando e fica a critério da população ver o que acham sobre esses deputados na próxima eleição. Sobre a paralização, ela já não é mais só dos caminhoneiros, mas dos agricultores, comercio, indústria, enfim toda a população. A paralização está muito bem organizada, quem quer passar no asfalto está passando, vamos ficar sem combustível, e só assim para o nosso presidente olhar para o ver, e ver como estão sofrendo, só pagando impostos e sem retorno algum. Muito obrigado!

VEREADOR MATHEUS HUPPES (PMDB): Não tem como não falar do XXV Concerto de Maio, aonde nós vereadores no dia do Concerto pudemos dar o abraço aos coralistas e ao Nei, em nome não do meu, o presidente, mas em nome de todos os nobres vereadores, quero deixar as crianças, aos adolescentes e aos coralistas mais experientes o nosso abraço e o nosso carinho pela bela apresentação que fizeram nesta grande noite, apresentação esta com canções que embelezaram a nossa alma, onde ficamos com a alma contente e florida, poderíamos dizer que foi como uma flor que enfeita o jardim. Ao maestro Nei, aos coralistas e ao publico que estava presente, novamente, meus parabéns pela bela apresentação. Sobre a mobilização, da manifestação, estamos num assunto delicado, bastante complexo, aonde sabemos que quando mexe no bolso de cada um tudo se torna mais difícil. Temos a prefeitura, o comercio, as industrias, os caminhoneiros, os sindicatos, produtores rurais, agricultura e pecuária. Sabemos que para todos nós está um grande sofrimento, mas temos sim que fazer alguma coisa para um Brasil melhor, temos sim que lutar pelo nosso direito de viver cada dia melhor no nosso município e no nosso país. Ao produtor de leite, sei também como veterinário, trabalho nessa área também, sei da dificuldade que o produtor de leite vem encontrando, assim como todos os outras que mencionei encontram também, porem sabemos que o produtor de leite não pode deixar de tratar suas vacas que perde muito na produção futura delas, é difícil, sabemos que é difícil, o produtor de leite está de parabéns, assim como todos os outros, mas seria só este meio para nós tentar mudarmos o nosso país. Força a todos! Quem sabe vamos conseguir o objetivo desta paralisação iniciada pelos caminhoneiros. Sobre o lixo em virtude destas manifestações, se tem como a prefeitura, sabemos da questão do diesel, temos que poupar para a saúde, mas se tivermos a possibilidade de recolhermos o lixo em nosso município, e deixarmos quem sabe em cima do caminhão, dentro do pátio da secretaria de obras, eu agradeço, se caso não tenhamos o combustível suficiente, então que a população entenda, que daqui uns dias volta tudo ao normal. Até uma próxima oportunidade.