Diálogo Espírita – ABRAÇO E CIÊNCIA

Naturalmente que o efeito científico do abraço se refere aquele dado com sinceridade, com amizade.

A neurociência diz que o abraço é processado pelo cérebro como uma recompensa e tem um impacto sobre o psiquismo humano, fazendo com que tenhamos uma sensação de alegria, felicidade e bem-estar.

A ciência também admite que o abraço é um gatilho para o cérebro produzir mais ocitocina – o chamado hormônio do amor – enviada para a circulação sanguínea através da hipófise.

Artigo publicado na revista científica Psychological Science em 2014, o pesquisador Sheldon Cohen, da Carnegie Mellon University, nos Estados Unidos, comprovou que o abraço protege dos efeitos do estresse, da depressão e da ansiedade.

Tudo está dentro do contexto do Mestre Jesus! (Mateus, 22:39) Amarás teu próximo como a ti mesmo.

O Mestre tinha e tem todo o conhecimento da ciência.

Sociedade Espírita Raios de Luz de Tapera