Tapera tem vigário paroquial

A Paróquia Nossa Senhora do Rosário da Pompeia já conta efetivamente com um vigário paroquial: padre Irineo Basso Simon, da congregação dos Padres Palotinos, desde os primeiros dias de dezembro, que vem para auxiliar o pároco Padre Oswaldo. Sua posse oficial está prevista para o mês de janeiro de 2018, com a presença de dom Rodolfo Weber, porém ele já está residindo definitivamente em Tapera.

Padre Irineo nasceu em Carazinho, em 09 de janeiro de 1937, e já completou seu cinquentenário de vida sacerdotal. Após ordenado, permaneceu ainda dois anos trabalhando no seminário em Vale Vêneto, depois foi para a Diocese de Umuarama (PR), e mais tarde para Dourados (MS), retornando ao Rio Grande do Sul, depois de 37 anos de atividades em paróquias daqueles estados. Em Passo Fundo, atuou na Paróquia São Judas e na Catedral como vigário paroquial.

Padre Irineo se sente em casa em Tapera porque tem muitos parentes aqui. Por isso “Tapera está muito presente em minha vida. Sempre ouvi deles que Tapera é um bom local para trabalhar e viver. Quando o bispo me ofereceu Tapera eu aceitei prontamente”, disse.

Perguntado como vê a participação do leigo nas pastorais disse: “As comunidades leigas estão prestando grande auxílio na evangelização, mas o leigo precisa realmente despertar para sua importante participação nas pastorais para que a Igreja possa se aproximar mais e estar presente na sociedade”.

Padre Irineo se coloca a serviço da comunidade de Tapera porque “A Igreja está no mundo para ser sal e luz para a humanidade. Por isso, ela precisa estar presente e atuante junto à sociedade, quando se está perdendo muitos valores humanos, morais, religiosos. Por isso a Igreja deve ter uma atuação presente no meio do povo.”

Padre Ireneo, seja bem-vindo à Paróquia Nossa Senhora do Rosário da Pompeia. Pode contar com a participação da comunidade em suas atividades de vigário paroquial. O povo lhe recebe com muito carinho. Obrigado por escolher trabalhar em nossa comunidade.

Texto: Alcides J. Arnhold (PASCOM)
Foto: Fabio Petry (PASCOM)