PASSO FUNDO – Família atropelada no Centro: imagens divergem de versão do motorista

Os agentes da Delegacia Especializada em Homicídios e Desaparecidos da Polícia Civil, coordenados pela delegada Daniela de Oliveira Minetto e pelo Chefe de Investigações, Inspetor Volmar Menegon, são os responsáveis por investigar o acidente que deixou uma família feriada no Centro de Passo Fundo.

O fato aconteceu na tarde desse domingo (12), na Rua General Canabarro, onde foram vítimas Diego Malacarne, de 37 anos, Camila Gandini, de 34 anos, e a filha do casal Maria Clara Gandini Malacarne, de 05 anos. A criança foi resgatada embaixo do automóvel.

Durante as investigações, os policiais tiveram acesso as imagens de câmeras de vigilância dos edifícios nas imediações onde ocorreu o acidente. Nas imagens é possível constatar que há divergências da versão dada pelo motorista Antônio Jair Picoli, de 48 anos.

Na ocorrência ele relatou que trafegava pela General Canabarro e se assustou com um veículo Peugeot que trafegava em alta velocidade na Rua Bento Gonçalves. Mas, nas imagens é possível perceber que o motorista invadiu a preferencial com uma velocidade excessiva e não tratava-se de um Peugeot, e sim de um automóvel Celta, que estava com velocidade adequada para via.

Nos vídeos percebe-se que o motorista desembarga cambaleando e depois não é mais visto.

A polícia captou as imagens nesta segunda-feira (13) e seguirá com as investigações para confirmar se era o mesmo motorista que estava dirigindo o carro.

A menina segue internada em estado de saúde grave no CTI Pediátrico no Hospital São Vicente de Paulo. O pai permanece internado em estado estável.

Rádio Uirapuru