PASSO FUNDO – Em 5 anos mais de 800 condutores tiveram a carteira de motorista cassada no município

No último final de semana Passo Fundo registrou vários acidentes de trânsito no perímetro urbano, incluindo casos com morte. Uma senhora de idade foi atropelada e morta, pai e filha pequena foram atropelados no Centro e um capotamento com morte no interior chamou a atenção da comunidade.

Em entrevista na Uirapuru, o secretário-adjunto de Segurança Pública, Ruberson Stieven, explicou que por trás da maioria dos acidentes há uma soma de fatores envolvendo imprudência, imperícia e álcool com direção.

Revelou que de 2013 a 2017, compreendendo 5 anos, Passo Fundo teve 846 carteiras cassadas. Com isso o motorista deve ficar dois anos sem dirigir. A maioria das cassações ocorre por álcool e direção.

Ruberson explicou que, embora a operação Balada Segura não ocorra da mesma forma que no passado, ela segue em realização através da operação Avante da Brigada Militar, em parceria com outros órgãos de segurança. Isso tem retirado semanalmente motoristas embriagados das ruas e também pessoas em débito com a justiça.

Stieven pede prudência ao motorista e lembra que a partir de agora o movimento só deve aumentar nas ruas, com a proximidade do final de ano.

Rádio Uirapuru