NÃO-ME-TOQUE – Setembro Amarelo: mês de prevenção e conscientização sobre suicídio

O mês de setembro se inicia e com ele vem à campanha SETEMBRO AMARELO, organizada para conscientizar e prevenir o suicídio. Falar sobre suicídio ainda é um TABU em nossa sociedade, é um tema sombrio que muitos evitam comentar, porém é necessário se fazer uma reflexão e um alerta a todos da comunidade para o tema.

O Rio Grande do Sul é um dos estados brasileiros onde mais acontecem suicídios, em relação à média nacional; se levarmos em consideração os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) estima-se que a cada 40 segundos uma pessoa cause sua própria morte no mundo. Esses números são alarmantes e a única forma de prevenirmos esses acontecimentos é conversando diretamente sobre o assunto, de forma aberta e principalmente livre de preconceitos.

Os principais fatores de risco para o suicídio são: perdas familiares importantes na infância, doenças mentais, episódios muito intensos e recentes de sofrimento… O suicídio em momento algum pode ser considerado como uma forma da pessoa chamar atenção. Esse preconceito deve ser esquecido para que possamos enfrentar essa situação de frente e da melhor forma possível.

Caso você conheça alguém, ou se encontre em situação de desesperança (sem fé na vida e nas possibilidades que ela proporciona), procure imediatamente ajuda. Os serviços da secretaria de saúde do município estão abertos para recebê-lo e ajudar nessa situação. Também existe o Centro de Valorização da Vida (CVV) que atende 24 horas por dia pelo telefone 188 e pode auxiliá-lo. Não se deixe vencer, busque ajuda e mude para melhor sua vida.

Tomas Camargo
Psicólogo

(Jaques Petry – Assessoria de Comunicação Prefeitura de Não-Me-Toque)