Diálogo Espírita – ACONTECIMENTOS DA VIDA

Na Questão 526 de O Livro dos Espíritos, Kardec, pergunta:
Tendo, como têm, ação sobre a matéria, podem os Espíritos provocar certos efeitos, com o objetivo de que se dê um acontecimento? Por exemplo: um homem tem que morrer; sobe uma escada, a escada se quebra e ele morre da queda. Foram os Espíritos que quebraram a escada, para que o destino daquele homem se cumprisse?

Os Espíritos Iluminados respondem:
No exemplo que figuraste, a escada se quebrou porque se achava podre, ou por não ser bastante forte para suportar o peso de um homem. Se era destino daquele homem perecer de tal maneira, os Espíritos lhe inspiraram a ideia de subir a escada em questão, que teria de quebrar-se com o seu peso, resultando-lhe daí a morte por um efeito natural e sem que para isso fosse mister a produção de um milagre.

Na Revista Espírita de 1858, Kardec pergunta:
Suponhamos que no momento que um homem passa por uma ponte, esta se desmorona. Quem levou o homem a passar por esta ponte?
O Espírito São Luiz, responde:
Quando um homem passa por uma ponte que deve cair, não é um espírito que o impele, é o instinto de seu destino que o leva para ela.

Sociedade Espírita Raios de Luz de Tapera