Ex-prefeito de Victor Graeff Flavio Lammel pede desfiliação do PDT

Depois de 32 anos no PDT, o ex-prefeito de Victor Graeff e ex-presidente da Famurs, Flávio Lammel, pediu desfiliação nesta semana. Segundo suplente do PDT na Assembleia e integrante do diretório nacional, Lammel pleiteava a coordenação da bancada e mais espaço no partido.

Sentia-se desprestigiado, principalmente depois de sua nomeação como diretor administrativo na Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), em fevereiro. No mesmo dia em que a indicação foi oficializada, Lammel disse ao governador José Ivo Sartori que não ocuparia o cargo, que foi combinado entre o PDT e o Piratini. O ex-prefeito argumentou que não foi consultado sobre a nomeação e que o cargo não estava à altura de sua envergadura política.

O destino mais provável de Lammel é o PTB. Nos próximos dias, ele será nomeado como coordenador regional no gabinete do deputado Ronaldo Santini (PTB).

A troca de partido faz parte das negociações para as eleições de 2018. Como Santini, Marcelo Moraes e Maurício Dziedricki concorrerão a vagas na Câmara dos Deputados, um espaço maior na bancada da Assembleia será aberto. Lammel viu o momento como uma oportunidade.

Giovani Cherini (PR), Lasier Martins (PSD) e Nereu D’Ávila (sem partido) também deixaram o PDT no último ano. A crítica recorrente é a falta de diálogo dentro do partido.

(Via Zero Hora)