Recadastramento eleitoral no RS pode ser definido ainda em novembro

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS) vai propor recadastramento nos municípios gaúchos com proporção de votantes maior que 90% do total de moradores. Nesse processo, também serão coletadas impressões digitais para uso no sistema biométrico. Uma audiência está prevista para o fim do mês entre o presidente do TRE, desembargador Gaspar Marques Batista e a presidente do Tribunal Superior Eleitoral, a ministra Cármen Lúcia. É necessária autorização e liberação de verba federal para iniciar o processo.

Por lei, é possível fazer recadastramento quando a proporção entre votantes e população é maior que 70%, mas o índice é considerado inviável pelo TRE gaúcho. Nas eleições deste ano, 32 cidades gaúchas tinham mais votantes habilitados que moradores.

Levantamento do TRE mostra 32 municípios com mais eleitores que moradores
No final do ano passado, a Justiça Eleitoral revisou o eleitorado em três municípios do Litoral Norte: Dom Pedro de Alcântara, Morrinhos do Sul e Mampituba. Com o trabalho, foram cancelados cerca de 2.500 títulos. A Polícia Federal tem 18 inquéritos abertos no Rio Grande do Sul para apurar os casos de fraude no alistamento eleitoral.

A Polícia Federal tem 18 inquéritos abertos no Rio Grande do Sul para apurar os casos de fraude no alistamento eleitoral.

(Clicrbs)